sábado, 19 de março de 2011

Metáforas de solidão

As minhas imagens são frequentemente marcadas por metáforas que envolvem a solidão. Encontro-as em associações entre pequenos barcos em linhas de água ou em áreas lacustres. 
A Pateira de Fermentelos, e margens de Óis da Ribeira, são dos meus lugares prediletos para registar esses sentires...
A cumplicidade entre barcos e água, acorrentados ou não, rendidos entre jacintos de água, afundados ou ainda ladeados por outros barcos, favorecem-me o espírito interpretativo, como se da construção de uma história se tratasse...

Enviar um comentário