quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

01 de janeiro de 2015 - Azoia, Leiria

Marcando o fim do ano vim até Leiria, concretamente a uma pequena aldeia denominada Azoia, a qual não é perfeitamente consensual na sua acentuação, ou não... sendo vista as duas grafias - Azóia e Azoia. Correndo o risco da incorreção, opto pela poupança de um acento gráfico e ficar-me-ei pela Azoia.

Correspondendo ao intuito de efetuar pelo menos 7 fotografias por dia, das quais serão partilhadas 3 neste blogue, começo pelas efetuadas em casa de familiares... a de Francisco Bento Monteiro e de Florinda Ferreira Almeida, Azoia.

A riqueza dos elementos, a variedade das cores e texturas, simplificaram-me o gosto fotográfico e opções sobre o que fotografar. 


Entre o novo e o edificado mais antigo não fui indiferente ao minimalismo que novas construções proporcionam quando a perspetiva faz jogar o a cor em fundo de céu... assim aconteceu nesta Rua do Areeiro, na Azoia.

Enviar um comentário